21 de abril de 2012

um varal de memórias

Sempre gostei de observar um varal. Ainda mais quando pode ser visto da rua, colocado sem pudor em uma varanda. As roupas estendidas entregam um pouco da personalidade da pessoa. A artista finlandesa Kaarina Kaikkonen resolveu explicitar sua personalidade, sua memória e fez do espaço público sua área de serviço, literalmente.

Kaarina Kaikkonen


"Father"





Um comentário:

  1. Morando na Itália tive que aprender a gostar de varais, afinal eles fazem parte da paisagem (inclusive em Veneza!). Agora eu gosto tanto que acabei criando um para ilustrar meu novo blog...
    Enfim, um abraço e uma varal cheio de coisas boas pra você! Parabéns pelo 'bellissimo' blog!
    Erika

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.