15 de dezembro de 2010

Diário de bordo: Antuérpia parte 1 - A moda belga

Entendendo a moda belga
A Antuérpia é a capital da moda na Bélgica. A cidade carrega a tradição de abrigar artistas desde o século XVII (lembra do Rubens que eu falei no post anterior?). Sua Royal Academy of Fine Arts existe desde então, mas foi no final dos anos 80 (do século XX) que os olhos fashionistas enxergaram a Bélgica.

Seis estilistas formados pela Royal Academy, conhecidos como "Antwerp Six", agitaram a Londres. Eram eles: Ann Demeulemeester, Dirk Van Saene, Marina Yee, Dries Van Noten, Walter Van Beirendonck e Dirk Bikkembergs. Segundo o site de Bikkembergs, aconteceu assim: os seis alugaram um caminhão e foram pra a semana de moda inglesa mostrar o trabalho. Ah! Martin Margiela se formou na mesma faculdade na época, mas não integrou o grupo.

Ann Demeulemeester, Dirk Van Saene, Marina Yee, Dries Van Noten, Walter Van Beirendonck and Dirk Bikkembergs. Foto Philippe Costes/WWD Archive

O sexteto abriu o caminho da Bélgica nas semanas de moda. Leia-se: Veronique Branquinho, Raf Simons, Olivier Theyskens, Filip Arickx e An Vandevorst da dupla A.F. Vandevorst. Vale destacar também Bernhard Willhelm que nasceu na Alemanha, mas se formou na Antuérpia.

A moda da Bélgica é muito conceitual e intelectualizada. Os estilistas têm muita personalidade na criação. Porém, nada que impeça a parceria com grife mais comerciais, como foi o caso de Margiela na Hermès e Raf Simons, atualmente na direção criativa da Jil Sander.

***
A Antuérpia

A cidade respira moda. Perto do Momu (Museu da Moda) ficam as lojas mais bacanas. O museu mostra nesse momento a exposição de chapéus do Stephen Jones, que já esteve em Londres. Impecável. Vai merecer um post só para ela. Além do espaço para mostras, o prédio ainda tem a faculdade de moda Artesis Hogeschool Antwerpen (da Royal Academy); uma livraria chamada Copyright, especializada em moda, design e arquitetura, na qual eu poderia morar, e a Renaissance, uma loja multimarcas com roupas de estilistas da Bélgica, mas não só. Como a cidade é pequena há muitas multimarcas. (ainda vou falar mais desse complexo do bom gosto fashion por aqui)

Momu por dentro
Antuérpia

Livraria Copyright
Antuérpia

Antuérpia

Antuérpia

Loja Renaissance

Antuérpia
loja multimarcas do lado do Momu


Antuérpia
tem esmalte do Bernard Willhelm


Alí do lado tem a loja do Dries Van Noten

antuerpia

***
Nas ruas da região
Episode Vintage Shop

Antuérpia

antuerpia parte 1 047

Praça cheia de grafite
Antuérpia

loja de design
Antuérpia

Outra multimarcas a "Your"
Antuérpia



Antuérpia

Perto das ruas de comércio mais movimentadas

antuerpia


Diamantes!
A cidade é conhecida por seus diamantes. Tem até um museu do melhor amigo das garotas, mas estava fechado quando fui visitar. A região das lojas das pedrinhas é conhecida como Diamondland. Só cuidado na hora de tirar foto, os donos não gostam muito.


***
A surpresa!
O Walter Van Beirendonck estava entrando no carro na hora que entrei no museu.

3 comentários:

  1. cara... e eu que achava que Antuerpia era na Holanda.

    Da sua amiga ignorante

    Nadja

    ResponderExcluir
  2. Oi laura,
    eu AMO o seu blog, e admiro muito seu trabalho como jornalista. Escrevo uma revista de moda aqui em Natal - RN, e o moda pra ler sempre foi uma inspiração para fazer uma publicação de moda sem afetação, com conteúdo.

    Depois de ler esse post, publiquei no meu blog um texto que escrevi para a revista sobre uma exposição que vi no MoMu. Se puder, dá uma olhada

    http://www.saltoagulha.com/dica-de-viagem-antuerpia/

    e também gostaria de te enviar um exemplar da revista. Se quiser receber, me manda um endereço para eu enviar pelos correios. Meu email é contato@saltoagulha.com

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Conhecer novas culturas e costumes e mesmo uma viagem emocionante!!!!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.