5 de novembro de 2009

Pense Moda 2009 - dia 2

Segundo dia de Pense Moda. Vi as palestras de Maroussia Rebecq, criadora do coletivo multidisciplinar Andrea Crews e do diretor de arte Michel Bertin. Os dois, aliás, são namorados.

Maroussia é a responsável por orquestrar pessoas que combinam os vários elementos da criação contemporânea: estilistas, ilustradores, músicos, diretores de vídeo e artistas de performance. Se consideram ativistas.

Sobre Maroussia Rebecq
Tudo começou pela moda. A então estudante de artes Maroussia resolveu adaptar o “faça você mesmo” do artista dadaísta Marcel Duchamp para o vestuário. Ela buscou roupas em bazares de caridade, deu a elas uma nova cara e promoveu um desfile no Museu de Arte Contemporânea de Bordeaux. Em 2001 ela resolveu montar o Andrea Crews.

As coleções são baseadas em uma brincadeira com as roupas. Primeiro há um reinterpretarão dessa roupa de segunda mão, depois as roupas são selecionadas por estilo e recebem um acabamento especial. A cada temporada é criada uma coleção bem original. Alguns artistas são convidados para customizar as peças. Vale tudo, estampas e aplicações de materiais inusitados. O lançamento das coleções sempre envolve performances, festas, vídeos. Tudo para estimular os jovens artistas.




Ela começou a palestra tirando a roupa (!) e mostrando a multifuncionalidade de sua camisa. Como vocês podem ver nesse videozinho que fiz.



Em seguida ela mostrou vídeos e fotos das coleções e das performances. O projeto é bem ousado. Porque além de integrar as artes, integra também a cidade. Entre as inúmeras performances que o grupo já montou está um desfile na rua convocando os transeuntes como modelos. Em um trabalho realizado para a Nike batizando de Nike Secret B’Ball Match, o coletivo propôs uma partida de basquete em um bairro mais carente de Paris, e claro, tudo muito bem decorado e com o figurino by Andrea Crews.

Nike Secret B’Ball Match

Para entender o espírito do Andrea Crews olha o desfile dela no Museu Jeu de Paume, na última temporada de moda.



Michel Bertin também mostrou um pouco do seu trabalho nas várias frentes que atua. Ele faz fotos, vídeos, cenários. Pela sua fala deu para perceber que sua cultura suas referências são enormes. Ele esteve há pouco no Brasil participando do“Evolução Francesa“ da Lacoste. No blog do projeto tem um pouco do que ele aprontou em São Paulo.



Alguns trabalhos que ele mostrou no Pense Moda.

Campanha da Tsumori Chisato pela Surface to Air




Campanhas da Hermès

direção de arte para o fotógrafo francês Grégoire Alexandre

Cenários para a exposição "Histories de Mode", de Christian Lacroix


E o incrível clipe do “We are your friends” do Justice encomendado à Surface to Air e no qual ele assina a direção de arte.




***
Meu HD interno associou a Andrea Crews às marcas Neon e Amostro, além da turma dos abravanados. Já Michel Bertin me lembrou outro francês de nome Michel, o Gondry. O diretor de “Brilho Eterno de Uma Mente sem lembranças”,com seu estilo indiscutível, claro, carrega um misto de nonsense, sutileza e soluções de imagens primorosas.

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.