28 de outubro de 2009

corre para ver Lacroix



Os eventos do Ano da França no Brasil estão acabando. E essa semana é a última para ver a exposição “Christian Lacroix: Trajes de Cena”. Até primeiro de novembro na FAAP.

Mesmo aos 45 do segundo tempo não podia deixar de comentar essa incrível oportunidade de ver de pertinho a obra de Lacroix. A exposição está linda, muito bem organizada. Digna dos melhores museus do mundo. São cerca de 150 trajes feitos para balés, espetáculos teatrais e óperas.

Lacroix é um profundo conhecedor da história da arte, um incansável estudioso da história da moda e amante das artes cênicas. Ele nasceu em Arles na região da Provence. Ela saiu de Arles, mas Arles nunca saiu dele. A cidade banhada pelo mar Mediterrâneo, pertinho da Espanha e da Itália, por isso, mais “caliente” que Paris. Em Lacroix traduziria como uma vivacidade.


"Sherazade" - Balé (2001)

"Fedra" - teatro (1995)

"Otelo" - teatro (1995)

Desdêmona -"Otelo" - teatro (1995)

"São Todas Assim" - ópera - 2006


É um virtuoso desenhista. Como expectadora adoro ver os croquis e rascunhos dos artistas. Fico imaginando eles trabalhando durante a noite. Quebrando a cabeça e parindo idéias para formatar o subjetivo. E vendo os muitos desenhos de Lacroix presentes na exposição a sensação é de paixão. Em cada traço, em cada cor. Um estudo preciso para algo que vai ganhar vida em cena.


croqui para "A Valsa dos Bombons" - balé - 1998

e para "Fedra" - teatro (1995)

Como figurinista, Christian Lacroix tem o beneficio do sonho. Mesmo que o sonho tenha que ser adaptado aos orçamentos apertados, a mobilidade do corpo, ao espaço do palco e a vontade do diretor.

Seu talento para o figurino, e o requinte técnico vão muito bem na alta-costura. No prêt-à-porter... Bem, sua empresa andou mal das pernas. Torço para que ele dê a volta por cima, e torço ainda mais em um dia poder ver algum espetáculo que tenha seu figurino. Por si só um show.

***
Nesse postezinho que fiz há um tempinho atrás explico quem é esses estilista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.