10 de fevereiro de 2009

a brasileirista



Ontem, dia 09 de fevereiro, a Carmen Miranda completaria 100 anos de vida.

Ela foi a mulher mais famosa do Brasil e responsável por difundir no exterior a imagem literal do Brasil como um país tropical. Também difundiu o samba, a fantasia de baiana, muitas marchinhas de carnaval e a sandália plataforma (se tivesse patenteado teria sido muito mais rica do que foi).







O brasileirismo da cantora foi criado de fora para dentro. Afinal, nos Estados Unidos os balangandãs e os turbantes de frutas cresceram e tomaram em proporções históricas. Contudo, o sucesso no exterior não tira de forma nenhuma seu valor como artista. E ela mesma respodeu a acusações de estar se rendendo à holywood cantando a composição de Luis Peixoto e Vicente Paiva:

"Disseram que eu voltei americanizada
Com o burro do dinheiro
Que estou muito rica
Que não suporto mais o breque do pandeiro
E fico arrepiada ouvindo uma cuíca
E disseram que com as mãos
Estou preocupada
E corre por aí
Que eu sei certo zum zum
Que já não tenho molho, ritmo, nem nada
E dos balangandans já não existe mais nenhum
Mas pra cima de mim, pra que tanto veneno
Eu posso lá ficar americanizada
Eu que nasci com o samba e vivo no sereno
Topando a noite inteira a velha batucada
Nas rodas de malandro minhas preferidas
Eu digo mesmo eu te amo, e nunca I love you
Enquanto houver Brasil
Na hora da comida
Eu sou do camarão ensopadinho com chuchu "


para escutar (imagem estática)- repare na potência da voz e na cadencia da música.



Relembro aqui um texto que escrevi em 2006 sobre a exposição que ficou em cartaz no Memorial da América Latina, puxada pelo lançamento da biografia escrita por Ruy Castro.

Outra dica para conhecer um pouco mais da Cantora além da biografia escrita há o documentário chamado "Banana is my Business", disponível em 10 partes no You Tube e essa mini cinebiografia:

Parte 1


Parte 2


3 comentários:

  1. Lindo aqui,passa la no meu.
    Tem tudo sobre moda,noticias,fofocas,
    curisidades,dicas.

    ResponderExcluir
  2. Na realidade ela nasceu mais com o fado do que com o samba, era portuguesa de Marco de Canaveses.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.