11 de janeiro de 2009

Diário de Bordo - quarta página - Barcelona

Cheguei sã e salva ao Brasil, e agora já restaurada do final de ano e do fuso horário, estou morrendo de vontade de compartilhar meu diário de bordo de Barcelona com vocês. Foram tantas coisas que vi e senti, e sinto que o blog, assim como a máquina fotográfica, conseguirá retratar apenas um pedacinho de cada imagem e sentimento.

Durante as minhas caminhadas na capital da Catalunya sempre topava com uma laranjeira recheada de frutos. No meio de uma praça árida estava lá a árvore, alegrando o espaço.


(laranjeira)


Acredito que boa parte dos leitores assistiram o último filme do Woody Allen, Vicky Cristina Barcelona. Alguns catalães que conversei não aprovaram a reunião de estereótipos, criticaram inclusive a música tema, que é cantada por uma italiana - http://www.myspace.com/giuliaylostellarini

Eu gostei do filme. É a visão de um estrangeiro, e afinal, o que é o turista conceitual se não um caçador de clichês.


(camisetas com dizeres em catalão)

A cidade dá aquela sensação de Terra do Nunca, onde todo mundo é jovem, lindo e divertido. Centenas de brasileiros correm para lá depois da faculdade e adiam um pouquinho a dura realidade tupiniquim. Alguns acabam ficando. E é bem fácil se acostumar com Barcelona.



O cenário escolhido por Woody Allen sedia duas vezes por ano a Bread na Butter, feira internacional de moda jovem. Não por acaso. E pelas ruas de comércio as lojas oferecem muitas opções os freqüentadores das festas e dos bares distribuídos nas vielas do centro e dos bairros vizinhos. Roupas coloridas, tênis, botas.


(catálogo de marcas da BBB com um pouco do Poble Sec ao fundo)

Sapatos... É a terra da Camper. Os modelos exalam conforto, mesmo com salto. A empresa de calçados tem um hotel na Carrer de Elisabets, pertinho do MACBA (museu de arte contemporânea local). A recepção tem uma vitrine cheia de objetos encontrados durante a reforma do prédio. São brinquedinhos e porcelanas.



(Vitrine da Casa Camper)

Outra filha ilustre de Barcelona é a Mango/ MNG. A primeira loja da hoje multinacional presente em 89 países foi aberta em 1984 pelos irmãos Isaac e Nahman Andic, nascidos na Turquia. A sede mundial da empresa fica na cidade que tão bem os projetou.

Tem também a Custo, que tentou se instalar no Brasil. Desfilou no São Paulo Fashion Week e manteve por um tempinho um tapume na Oscar Freire com a Consolação, onde hoje está instalada a Ópera Rock. No final o pouso no Brasil não foi pautorizado porque havia uma empresa nacional com o mesmo nome. Pelo menos, foi essa história que correu.




(vitrine custo)

A roupas da Custo são extremamente coloridas e estampadas. Uma mesma blusa pode ter até 3 estampas. Outra característica é a mistura de tecidos. A crise financeira na Europa antecipou as liquidações e a grife estava oferecendo peças a partir de 35 euros... Uma bagatela para seus padrões.

Na linha da Custo tem a Desigual, outra marca espanhola com lojas espalhadas por toda Barcelona. O forte são roupas coloridas, estampadas e bordadas. A padronagem e as cores chamam muita atenção da comunidade árabe local.




***
Para os coolhunters de plantão Barcelona é um prato cheio. A oferta de museus e exposições é muito grande e variada. Vai desde uma parte do acervo da Galeria Ufizzi de Florença até a vanguarda da arte contemporânea. A Museologia da Espanha é muito boa. Tudo muito bem sinalizado, traduzido, e montado. Em quase todos os museus não é permitido tirar fotos (quando pode tem que ser sem flash) e nem falar no celular.

Como choveu em alguns dias me dediquei intensamente a visitar museus, galerias e centros culturais. Destaco aqui o CCCB que abrigava a nona edição do BAC! http://www.bacfestival.com/2008/index.html, Festival Internacional de Arte Contemporânea, além de uma enorme exposição sobre as cidades chinesas.

O slogan do BAC! 2008 era Reveille-toi , ou Rebele-se, e as obras tinham como fio condutor a crítica ao consumismo. A moda é alvo natural quando se debate o tema. Aqui alguns exemplos com críticas explícitas ao mundinho fashion.







(Algumas obras do BAC 08!)

Barcelona possui um museu de moda, é uma parte do Museu de Artes Decorativas que fica no Palácio Real, na Zona Universitária.

Muito bem organizado, o acervo traz um panorama da moda do século XX. Não há nada muito específico da Espanha, porém, há uma ala com 8 vestidos de Cristobal Balenciaga, além de peças de Charles Worth, um modelo New Look da Dior, Courréges e de criadores contemporâneos como Vivienne Westwood, e outro orgulho espanhol, a estilista Agatha Ruiz de La Prada.



(roupas dos séculos XVIII e XIX)


(vestido de Charles Frederick Worth)


(sala com vestido de Balenciaga)



(lingerie de Vivienne Westwood)


(Vestidos de criadores espanhois contemporâneos. O colorido é da Agatha Ruiz de la Prada)

Outra exposição belíssima foi uma retrospectiva do trabalho de Aphonse Mucha, em cartaz no Caixa Fórum (uma espécie de Centro Cultural Banco do Brasil). O artista de origem checa, (quando ele nasceu em 1860 a República Checa fazia parte do Império Austro-Húngaro) foi um dos expoentes do movimento art-noveau. A mostra contou com obras vindas do Museu Mucha, localizado em Praga, cidade onde o artista faleceu. Para quem curte moda é importantíssimo conhecer o art-noveau. Prometo um post sobre o assunto depois do SPFW.


cartaz da peça Medéia, estrelada pela atriz Sarah Bernhardt, sua grande modelo e incentivadora.



(sala de recreação da exposição - papel, tesoura, cola e canetas para brincar de Mucha)

***
Duas revistas podem dar uma ajuda na hora de descobrir o que está acontecendo em Barcelona.





A primeira é a Lamono, com distribuição gratuita e a outra é a B-Guide http://www.b-guided.com/ que custa 5 euros.
A Lamono, especialmente, tem editoriais de moda muito bem feitos. A publicação estimula o trabalho de novos fotógrafos, ilustradores, além de divulgar os novos estilistas. O site http://www.lamonodigital.net/ vale colocar nos favoritos.

Por aqui finalizo meu pequeno, mas sincero, diário de bordo e guia de Barcelona, espero voltar em breve com outras novidades além SP.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo blog, adoreii o post, a viagem deve ter sido maravilhosa!!!

    Linkei seu blog.

    Abraço

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.