27 de março de 2008

prepare-se para manter as pálpebras esticadas

No ano em que se comemora 100 anos da Imigração Japonesa é o hora de pensar o que a vinda do povo do país do sol nascente mudou por aqui.

Em novembro de 2007 a bíblia mensal dos modernos, a revista Wired, publicou em sua capa - “How Manga Conquered the U.S.” e com um divertido mangá explicou a influência do quadrinho japonês nos Estado Unidos. Está disponível para download. No Brasil, um pouco da cultura pop de olhinhos puxados já faz parte das nossas vida há um tempinho, principalmente no universo infantil - Jaspion, Changeman, Cavaleiros do Zodíado, Pokemom e por aí vai.



Em 2006 fiz uma matéria para a revista moda da Folha sobre as Gothic Lolitas (uma das tribos de Harajuku) - na época não tinha muita noção da proporção que essa invasão oriental tomou. O movimento de anime, por exemplo, move muitas pessoas e povoa a internet com um número nada modesto de sites e blogs. Por mais distante e por mais distinta que seja a cultura japonesa ela acaba fazendo parte da nossa vidinha ocidental. E a explosão no número de restaurantes japoneses que aconteceu em São Paulo?

Mas voltando aos mangás. As histórias em quadrinhos japonesas são marcadas por um traço bem característico e pela grande variedade de temas. E como o Japão é um pais louco por moda não poderia faltar um Mangá sobre moda. “Paradise Kiss” une os quadrinhos com a moda. Não precisa ler em japonês não, ele já tem sua versão em português que foi lançada pela editora Conrad - já está no quatro volume.





Quem tomar gosto pelo gibi que se lê ao contrário pode procurar também outros títulos“pra mulherzinha” como a Princess Ai, onde Courtney Love é uma das autoras, “Yuki, vingança na neve” - que serviu de inspiração para o estilista Pernambucano Melk Z Da em seu inverno 2007 e Cinderalla da descolada Junko Mizuno que já ganhou exposição no Instituto Europeu de Design aqui em São Paulo.

Ainda sobre o Paradise Kiss - a história começa quando um grupo de estilistas que vivem a margem da sociedade abordam uma estudante colegial para ser a estrela de sua coleção. No Japão já tem a versão animada devidamente youtubado. O primeiro episódio com legenda em inglês aí em baixo.

















4 comentários:

  1. Aproveito seu post pra pedir pra vc divulgar no seu blog a atividade dobre mangas da Oficina da Palavra:
    PALESTRA “MANGÁ: A ARTE E A INDÚSTRIA DOS QUADRINHOS JAPONESES” - 40 vagas (S)
    Coordenação: Marcel R. Goto
    16/6 - segunda-feira - 19h30 às 21h45
    Público-alvo: interessados em geral
    Faixa etária: a partir de 15 anos
    Seleção: primeiros inscritos
    Inscrições: 24/3 a 15/6

    Rua Lopes Chaves, 546
    Barra Funda, São Paulo - SP
    11 3666 5803

    ResponderExcluir
  2. ai, que fofo!
    eu AMO Paradise Kiss, mas não sabia da versão animada!

    ResponderExcluir
  3. Não tem nada a ver com moda, mas o melhor anime do mundo se chama Evangelion. Recomendo a todos.

    ResponderExcluir
  4. Oiiii! Tô adorando o Paradise Kiss! Só que na minha cidade começaram a vender a partir do 4º volume!!! Rsrsrsrsrs! Vou entrar no site da editora e ver se ainda tem pra venderrrr. Gostei do seu blog. Bju,bju

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.