16 de janeiro de 2008

Fashion Rio - impressões

Ao redor da Marina da Glória a pedra da Urca, a pista de pouso do aeroporto Santos Dummont, a ilha fiscal e uns barcos ajudam a decorar a paisagem. Nas breves paradas contemplava a paisagem.

De cara digo que os desfiles que mais gostei foram o da Redley, da Têca. A Redley teve inspiração no paradoxo entre a identidade individual e coletiva. Da identidade coletiva veio a inspiração dos uniformes militares e da individual os looks charmosos parecendo que cada um misturou como quis as peças. Um inverno colorido como pede o Rio. A boa notícia é que em breve teremos lojas da Redley e da Cantão aqui em São Paulo. Serão abertas 4 lojas, duas de cada marca ainda em 2008.



esse casaco azul com plissado na manga foi meu favorito





Na Têca, Helô Rocha apresentou suas meninas com carinha de sono embaladas pela valsinha brasileira “Boa Noite” gravada por sua irmã de coração, a cantora Roberta Sá. As roupas foram inspiradas no universo dos sonhos, são pijamas, ursinhos de pelúcia e cubos mágicos. Lúdico, porém usável e bem acabado.





Também gostei da:
- Rita Wainer, que assinou com seu nome dessa vez se inspirou em tudo que viu nos últimos seis meses, e principalmente em um vídeo da banda Beiruth, que foi a trilha do desfile.




- Delicadeza do bordado da Apoena, marca sustentável de Brasilia. O cenário trazia ao fundo o interior da lindíssima catedral de Brasília.





- Do universo literário da Cantão - especialmente as botas.







- Da Maria Bonita Extra que com a entrada da Ana Magalhães continuou chic e despojada.





- Do cenário filosófico e polêmico (porque prestamos mais atenção nele do que na coleção) da Bia Lessa para a Mara Mac - com direito a poeta e chuva de papel.





No geral a impressão que tive não foi muito diferente do que já tinha ouvido falar. Boa parte do desfiles não são de encher os olhos. As vezes as celebridades na sala chamam mais atenção dos jornalistas que o próprio desfile.

Falando em famosos Mara Mac e Maria Bonita Extra foram os desfiles que mais reuniram atrizes descoladas. Em outros desfiles havia aquelas semi famosas que quase ninguém quer entrevistar.

Maria Ribeiro, Carolina Dieckmann e Ingrid Guimarâes na Maria Bonita Extra


E Gisele.... Foi a primeira vez que a vi desfilar. E achei ela muito para a coleção da Colcci. Imponente, mostra que além da beleza ela tem um borogodó que a fez über.



Agora tem São Paulo Fashion Week. Mando notícias.

Crédito das Imagens: Desfiles CHIC e Celebridades Kadu Ferreira/ Babado

2 comentários:

  1. Achei, de maneira geral, uma moda muito infatilóide que revela um paradoxo interessante para se pensar: crianças que se de peruas adultas e mulheres que se vestem de meninas.Ursinhos? é muito.... para um mundo onde a metade das famílias brasileiras é sustentada, exclusivamente por mulheres.

    ResponderExcluir
  2. Oi Laura, adoro seus textos e principalmente a maneira como vc avalia os desfiles. Menos afetação, mais informação.

    bjs

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.