8 de fevereiro de 2006

Nova Iorque é agora

Termina sexta-feira a semana de moda de Nova Iorque. Os desfiles de outono/inverno começaram no dia 3 de fevereiro. São 67 coleções de estilistas de todas as partes do mundo. Brasileiros são dois: Carlos Miele e Alexandre Herchcovitch. O primeiro apresenta sua coleção hoje, o segundo mostrou a mesma coleção de dias atrás na SPFW.

A novidade que adorei são os desfiles ao vivo pela internet. Clica no site http://www.imgfashionworld.com . Quem não puder esperar o “em tempo real” poderá ver os melhores momentos clicando nesse mesmo endereço. As filmagens revelam as modelos saindo do backstage, planos feitos de cima da sala, closes em detalhes das roupas, além do tradicional take de frente para a passarela.

A fashion week norte-americana inaugura a temporada de moda internacional e é marcada por trazer roupas comerciais, sem devaneios: passarela-loja-consumidor.

Depois de NY tem Londres (15 a 19/02). A mídia não dá muita bola porque não há nenhum nome de peso desfilando na capital inglesa. Já passaram por lá Alexander McQueen e Stella McCartney. Hoje os tops designers da capital inglesa são Paul Smith e Clements Ribeiro, do brasileiro Inácio Ribeiro e da inglesa Suzanne Clements.

A próxima parada acontece em Milão (18 a 26/02). Badaladíssima! Por lá desfilam Armani, Roberto Cavalli, Dolce & Gabanna, Versace, Gucci, Fendi, Prada e Miu Miu. As grifes de Miuccia Prada servem de guia para fashionistas e varejistas do mundo todo, por isso seu show causa comoção na imprensa.

A temporada de moda do primeiro semestre acaba na Cidade Luz (26/02 a 6/03). Por lá passam as poderosas Chanel, Dior e Louis Vuitton. Ultimamente, as também tradicionais Givenchy, Rochas, Balenciaga, Lavin e Chlóe são grandes atrativos em função de seus garotos e garota prodígios nas respectivas direções de estilo. Paris é ainda o centro das atenções.

Não sei se as próximas semanas de moda têm ou terão transmissões de desfiles ao vivo. Tomara que sim.

***
Curiosidade:
As coleções brasileiras estão atrasadas em relação as internacionais. Enquanto vimos o que estará na vitrine daqui a um mês, americanos e europeus assistem ao que comprarão daqui a seis meses, quando começa o outono.

Em breve comento NY.

2 comentários:

  1. Consegui comentar antes da Aline! :)

    Sua revista jah tah aqui comigo, beibe.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Espétulo, amiga ! Refinado esse blog, très charmant ... ;-)

    Precisamos fazer o perfil da noite paulistana, né?

    Bjo!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.